Os benefícios da shantala em bebês

Os benefícios da shantala em bebês - Vir a Ser

E se disséssemos que existe uma técnica que ajuda a acalmar bebês, a aumentar a sua sensação de bem-estar e ainda estreita os laços entre os pais e a criança? Não é mágica, é a Shantala – uma massagem criada para ser feita nos bebês.

Se as técnicas de massagem funcionam tão bem para o relaxamento e alívio de dores nos adultos, por que elas não funcionariam para os pequenos? No post de hoje, nós trazemos os principais benefícios da Shantala! Acompanhe.

A massagem que tranquiliza os bebês

As técnicas da Shantala foram trazidas para o ocidente, há mais de 40 anos, pelo médico Frederick Leboyer. Com raízes na medicina Ayurvédica e na Yoga, esta massagem é praticada no sul da Índia há muitos anos: este é um conhecimento tão precioso que é passado de uma geração para outra.

Os toques da Shantala – nomenclatura dado por Frederick – foram desenvolvidos para serem usados já no primeiro mês de vida dos bebês. Os seus benefícios fazem com que esta seja uma massagem recomendada por pediatras e cada vez mais difundida no ocidente.

Origem do nome Shantala

Na Índia, esta técnica é chamada de massagem ayurvédica para bebês. Quando o médico francês Frederick Leboyer estava passeando pelas ruas de Calcutá, se deparou com uma mulher sentada na calçada fazendo massagem em um bebê. A cena, assim como os movimentos da massagem, chamou a atenção do médico, que parou para entender e aprender a técnica.

O nome da mulher que ensinou a massagem a Frederick era Shantala, e é em homenagem a ela a nomenclatura usada no ocidente.

Benefícios da Shantala

Existem diversas razões para a prática da Shantala. Uma delas é o fortalecimento dos laços entre pais e filhos. O toque suave e a sensação de bem-estar provocada pela massagem fazem com que o bebê se sinta cuidado e protegido. Por isso, este, sem dúvidas, é um momento que ajuda a aumenta a conexão da criança com os seus pais.

Durante a prática da Shantala, todo o corpo do bebê é beneficiado pelos toques da técnica. A massagem no pulmão ajuda a melhorar a respiração, enquanto na barriga alivia cólicas e a prisão no ventre. O bebê fica muito mais calmo e relaxado depois da massagem – alguns deles chegam a dormir no meio do processo.

Outro benefício da técnica é que ela proporciona a consciência corporal para os bebês, que começam a desenvolver a noção dos próprios pés, mãos e demais partes do corpo. Já os movimentos feitos nos braços e pernas ajudam no desenvolvimento da musculatura.

Assim como os adultos, os bebês também podem aproveitar os benefícios da massagem: bem-estar, alívio de dores e desconfortos e sensação de relaxamento. Para isso, é importante utilizar técnicas suaves, desenvolvidas especialmente para crianças nos primeiros meses de vida. Esta é a Shantala – uma massagem que acalma o seu bebê e contribui para aumentar o vínculo entre pais e filhos.

Para praticar a Shantala nos seus filhos com eficiência, é indicado que os pais façam um curso para aprender as técnicas da massagem. Esta é umas terapias ensinadas na Vir a ser. Acesse o site e saiba mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *