Como utilizar massagem como terapia?

Como-usar-a-massagem-como-terapia-Vir-a-Ser

Fazer uma sessão de massagem parece uma ótima ideia para relaxar o corpo no meio de uma semana estressada, não é mesmo? De fato, esta é uma excelente maneira de aliviar tensões e de equilibrar as energias.

Mas a massagem não é apenas relaxante – ela também pode ser terapêutica. Dependendo da técnica utilizada, pode ajudar na recuperação de diferentes partes do corpo e ser indicada como apoio a tratamentos psicológicos. Saiba mais sobre como adotar a massagem como terapia.

A massagem como terapia é diferente da relaxante?

Antes de qualquer coisa é importante esclarecer que a massagem como terapia é diferente da relaxante. A primeira tem como função tratar algum problema, como uma dor. Já o principal objetivo da segunda é aumentar o bem-estar, físico e mental, de quem a recebe.

Por isso, as técnicas utilizadas em uma sessão de massagem como terapia são diferentes das usadas nos demais tipos.

Como a massagem pode proporcionar benefícios terapêuticos

Existem algumas modalidades de massagem que podem proporcionar benefícios terapêuticos. Um exemplo é a reflexologia – uma técnica focada em áreas como a cabeça, as mãos e os pés.

Estas são partes do corpo repletas de plexos nervosos, pontos que, quando estimulados, refletem em benefícios para o organismo.

O pé, por exemplo, apresenta pontos que, quando pressionados, ajudam na recuperação e na prevenção de problemas em áreas como a bexiga, o fígado, o intestino, o ombro, os pulmões e o coração. A reflexologia podal, como é chamada a técnica aplicada nos pés, pode ser usada, ainda, como apoio em tratamentos que buscam combater a ansiedade, o estresse e transtornos psicológicos.

Outras técnicas de massagem como terapia

O shiatsu é mais um exemplo de massagem como terapia. Esta é uma técnica que foca em pontos estratégicos para aliviar a tensão e combater os sintomas físicos e psicológicos do estresse.

Usando as mãos e óleos de massagem, o profissional faz pressão em pontos específicos do paciente, uniformizando a distribuição da circulação do sangue na área tratada, o que leva ao alívio das tensões.

Os benefícios do shiatsu incluem a redução do estresse e dos seus sintomas, o relaxamento das tensões musculares, melhora no sono e o equilíbrio do sistema nervoso.

Vale citar, ainda, a Abhyanga, mais uma massagem como terapia feita com óleos vegetais, como o óleo de gergelim morno. Durante a sessão, áreas da cabeça aos pés são estimuladas, por isso, os benefícios são para todo o corpo. O combate ao estresse, o alívio de dores musculares, a redução de dores de cabeça, melhoras no sono, o aumento da flexibilidade das articulações e a diminuição do cansaço são alguns dos benefícios proporcionados por esta técnica.

Muito mais do que uma técnica relaxante

Os benefícios trazidos pela massagem como terapia vão além do relaxamento físico. O bem-estar proporcionado por uma sessão ajuda a equilibrar as energias e a manter o estresse bem longe. Técnicas com princípios terapêuticos, como as que citamos, garantem, ainda, a prevenção e a recuperação de diversos problemas físicos e psicológicos. Por isso, a massagem como terapia é frequentemente indicada como apoio para acelerar tratamentos.

Você já conhecia os benefícios da massagem como terapia? O que acha do uso destas técnicas para melhoria da qualidade de vida? Comente a sua opinião. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *